terça-feira, 22 de novembro de 2011

Vermelho

Tenho vindo a ler alguns artigos onde é chamada a atenção para o facto de em períodos mais conturbados da(s) sociedade(s), há uma maior tendência para o glamour. 
Coincidência, ou não, este é o ano dos dourados, prateados, leopardo, piton, block colours, colares, anéis, pulseiras... ou seja, tudo a que a moda tem direito!

Em conversa com a dentista [imaginam o que é ter uma dentisita que fala pelos cotovelos e nós a querermos responder e estarmos ali de boca aberta... enfim!]; o assunto veio à baila e ela alertou para um pormenor muito interessante: em tempo de crise, a mulher tem tendência para usar baton e verniz vermelhos. Segundo os estuduiosos é uma forma de se recompensar com pouco. Um verniz, um baton sempre é menos dispendioso que uma peça de roupa...

E não é que me tenho vindo a aperceber que o vermelho está a voltar em força nos vernizes e nos batons? ... e que a maquilhagem está mais 'agressiva'?!
Engraçada esta coisa a que poderíamos chamar 'lei da compensação'!


Gosto desta cor...
Eu gosto muito de vermelho. Para mim unhas vermelhas, levam-me logo para a minha Mãe. Baton vermelho, esse leva-me para a minha Avó Lina.

Nota: Acho que sobre este assunto já li um post, com o qual concordei, no blogue da Manelinha 'Turista'...
Encontrei!


5 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Não me diga que temos a mesma dentista!

Turista disse...

Querida Reflexos, tens toda a razão. Olha como no período correspondente à 2ª grande guerra, se usaram e abusaram dos vermelhos nos lábios e nas unhas?!
Crise = a sumptuosidade no vestuário.

Reflexos disse...

@ Carlos, Pois não deve ser a mesma, mas deve haver alguma cadeira curricular relacionada com o assunto.

Reflexos disse...

@ Manelinha: Pois, enquanto estava a escrever o post lembrei-me de um post teu sobre o assunto e fui procurar...

Reflexos disse...

@ Manelinha: Pois, enquanto estava a escrever o post lembrei-me de um post teu sobre o assunto e fui procurar...