quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Eu Não Gosto do Natal!

Ao contrário das outras pessoas, não consigo ficar entusiasmada com o Natal!

Desculpem-me, sei que não vão compreender, mas eu não gosto do Natal. Quando se aproxima a data eu começo a sentir uma angustia tal, que é inexplicável!
A decoração é sempre feita à ultima da hora e não fora o L. pertencer ao grupo das maiorias, os que gostam do Natal, não haveria decoração para ninguém!
Prendas, eu adoro dar prendas, acreditem... normalmente no trabalho, sou eu quem compra as prendas de todos os aniversários e, por norma, salvo a minha amiga C. ( private joke, um dia explico), as pessoas adoram e nunca trocam, porque eu consigo comprara a prenda que diz com a pessoa e dissociar-me dos meus gostos!
Ceia de Natal o meu maior sonho é poder numa dessas noites deitar-me bem cedinho ( eu que gosto de me deitar tarde) e só acordar no dia seguinte à noite! Sim, porque o dia de Natal é outro suplicio, aliás é o limiar do suplicio!

Este ano não vai ser excepção: a vontade de fazer decorações não é nenhuma... o caricato é que eu até aprecio as decorações, consigo fazer umas decorações bastante criativas e, o engraçado, é que quero sempre elementos decorativos, que tenho uma dificuldade tremenda em arranjar e no ano seguinte há aos montes!
Aconteceu um ano em que queria bolas cor de laranja. Estava quase a desistir quando as encontrei... no ano seguinte, não faltaram bolas laranja! Outro ano, foram as bolas pretas ( há dois ou três anos), não havia... tive de comprar cinza escuro... desde aí as bolas pretas não faltam!

Também compro prendas, claro, os outros não tem culpa e ofereço com gosto, mas não as compro nem ofereço com o mesmo prazer com que dou uma prenda de aniversário... sinto sempre que estou a cumprir com uma obrigação!

As decorações de rua, as árvores de Natal gigantes, as decorações das lojas, gosto, até muito, mas não me sinto envolvida... é isso, não me sinto envolvida com o Natal... não consegue chegar cá ao fundo, como chegam outras datas e outros momentos!

Que hei-de fazer? Há coisas piores!

2 comentários:

Alberto Velez Grilo disse...

Tem todo o direito de não gostar do Natal.

Eu gosto do Natal. Há anos que entro no espírito e outros que não.

Por exemplo, não acho muita graça ao Natal aqui no Funchal.

Mas já comprei uma árvore enorme, que já está montada na Sala. Vamos ver ;)

EU MULHER disse...

É assim mesmo, eu gosto muito, mas também sinto um pouco de tristeza.



Bjus