terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Sinceramente!

Quero desde já aqui avisar que este blogue não tem qualquer conotação política, nem tão pouco pretendo com este post falar do assunto politica. Quisesse e gostasse eu dessa prática, teria tido carreira garantida...

Mas falando do que me levou a escrever este post:
Empresas a falir, os números do desemprego a subir de dia para dia de uma forma exponencial, criminalidade e anda esta gente ocupada com o 'Caso Freeport'!
Não, não quero dizer que não é importante. Se as coisas foram mal feitas e se há incorrecções, estas devem ser corrigidas e quem de direito penalizado, mas... o raio do centro comercial já tem um bom par de anos, ainda não caiu e aparentemente ainda não está em situação de terem de ser tomadas medidas de urgência como se tem de tomar para as falências, o desemprego, a criminalidade...
Não estará o caso Freeport a ser um grande punhado de areia que nos estão a deitar aos olhos e todos nós estamos a embarcar na novela? Será que não há aqui prioridades um pouco mal definidas?

É preciso acordar, é preciso reagir, mas é ao desemprego, às falências, à criminalidade.
Parece que estão a comer o isco que alguém lançou, mas quem, o de quem?

1 comentário:

amigosdobalde disse...

Eu também acho que isto cheira a esturro! E acredito que possa ter sido encomendado!