quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Porto (Re)visitado: Farmácia Almeida


Era desta farmácia que saiam as minhas botas 'anti-voo'.
Eu explico: Em criança tinha o pé raso e como tal tive de usar umas botas com umas palmilhas adaptadas de modo a que o pé ganhasse a forma correcta.
Foram muitos anos a usar de verão e de inverno botas... sapatos só nos últimos anos, em vésperas de entrar para a escola primária.
Ganhei uns sapatos de verniz, pretos, ainda com palmilhas e sola adaptada, mas mais leve e ... que lindos eram os meus sapatos, os meu primeiros sapatos!
Ainda hoje sou louca por calçado de verniz...

2 comentários:

Turmalina disse...

Que graça de botica!
Aqui eu tb, antes de ir à escola, tive de passar um período de botinhas...acho que era moda na época...pq hoje já não se vê mais disso e minha pisada não era assim tão torta.Tba cho lindos os sapatos de verniz...eu até tinha um ou outro, mas depois que foram roubados, eu radicalizei e por repeito aos animais coloquei em prática o meu discurso e não usei mais roupas, nem sapatos, nem bolsas de couro de animal.
P.S. Sei que soa estranho alaguém ter os sapatos roubados. Pois bem, quando ladrões entraram aqui em casa, levaram tudo, absolutamente tudo, inclusive meus sapatos e bolsas, e só as de couro.
Não,não foi tudo, os livros e os móveis eles deixaram, assim como a geladeira e o fogão.

Reflexos disse...

...pois, agora os sapatinhos e as palmilhas para corrigir o pé raso são mais estéticos e confortáveis.

Quanto ao roubar, para mim nada soa mal... depois de me terem entrado em casa, levado telemoveis, carteira com documentos, maquinas fotograficas ( tudo que apanharam na passagem) e no fim saído no meu caro... eu estava no andar de cima a dormir!